segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Bebês a tiracolo: conheça as opções de carregadores de bebê

Práticos e bonitos, slings fazem sucesso com as mães modernas

 

 

 

 

 

 

 
Há alguns anos, uma mãe que saísse à rua levando seu bebê pendurado ao corpo por um pedaço de pano poderia causar espanto, mas, hoje, com a popularização dos carregadores de bebê, os olhares são de admiração. Com benefícios comprovados, como manter o bebê próximo à mãe e permitir que ele fique na posição vertical após as mamadas, os carregadores vêm ganhando cada vez mais adeptos no mundo. Os mais recomendados são os ergonômicos, de pano, que permitem posturas fisiológicas e mantêm o bebê (sempre confortável) em várias posições. Há diversos modelos, com vantagens diferentes. O mais importante, além de escolher o que mais lhe agrada, é ter certeza de adquirir um produto de boa procedência, para a segurança do pequeno.

Conheça aqui os modelos e escolha o seu:


Sling de argolas - de pano, com duas argolas grandes que ficam na altura dos ombros, é ajustável, o que permite que seja usado por bastante tempo. Esteticamente, é mais feminino, pois sobra uma espécie de xale na ponta, que serve para cobrir o bebê ou dar privacidade na hora da mamada ou da soneca. O bebê pode ser colocado em diferentes posições, de acordo com o momento (dormindo, acordado, deitado, sentado) e seu tamanho.


Pouch sling - parecido com o de argolas, mas sem ajustes, agrada por ser descomplicado, leve e fácil de usar. O tecido é maleável e o tamanho deve ser escolhido com atenção. Usado por homens e mulheres, tem visual contemporâneo e apoia-se em um ombro só.


Mei Tai - muito usado pelas europeias, o bebê fica sentado com as pernas abertas. Tem uma base larga que apoia bem a coluna. A vantagem é que o peso fica distribuído nos dois ombros e serve em tamanhos de troncos variados, mas exige tempo e certa habilidade no vestir, regular e amarrar.


Wrap - apoiado nos dois ombros, é um grande pedaço de pano que se enrola ao corpo da mulher, daí o nome Wrap, do inglês, enrolar. Como é mais demorado para vestir, quem usa costuma ficar com ele o dia todo, não convém ficar tirando e colocando. Há a variação "Fast Wrap", mais fácil de colocar, que veste como uma camiseta.


Dica: A partir do primeiro mês de vida, o uso dos carregadores já está liberado. Os slings podem ser utilizados com o bebê deitado de barriga para cima (como quando está dormindo no colo) ou de frente, barriga do bebê com barriga da mãe (posição altamente indicada para quando ele tem cólicas). Por volta dos 4 meses, quando já estão mais durinhos, podem ser sentados, com as pernas dobradas em lótus, olhando para frente ou para trás. Para os bebês maiores, há a opção de sentar com as pernas abertas, para fora do sling. É sempre bom observar que, qualquer que seja o carregador, o bebê não deve ficar pendurado pelos quadris, para não forçar essa articulação.  

Fonte: bebe.com

2 comentários:

  1. Opa,bom dia,Olha eu aqui denovo,blog muito bom,sempre que dá passo por aqui,continua postando ai,quero ver isso aqui cada vez melhor,alguem ai sabe desse site http://www.rastreadorgps.org/ ? to querendo saber se é bom,dizem que rastrea carro,moto,pessoas até...alguem ja ouvir falar?abraços,bom trabalho ai com o blog que ta fera!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anderson, bom dia! Você é muito bem vindo, obrigada pelas pasticipações !! Nunca tinha ouvido falar nesse site, mas posso pesquisar sobre isso e te mando mais informações sobre o assunto. Um ótimo dia e muito obrigada ! Abraços

      Excluir